Posts mais recentes

  • Um futuro de decisões presentes
    Na Secretaria de Fazenda construímos no ano passado um Plano Institucional Participativo com metas para quatro anos e carteiras de projetos que são renovadas anualmente. A  carteira de projetos de 2022 contou com 43 projetos distribuídos entre as 5 áreas de resultado. Soubemos concretizar nossas metas de maneira profícua, alcançando um desempenho de 85% das entregas pactuadas. 
  • Niterói é destaque no Índice de Concorrência dos Municípios Brasileiros 
    Niterói ocupou lugar de destaque na avaliação Índice de Concorrência dos Municípios Brasileiros (ICM). A cidade apresentou melhoria expressiva em relação à 2021, com variação positiva em praticamente todos os indicadores.
  • Menos burocracia, mais negócios
    Por Marilia Ortiz e João Costa | O empreendedorismo é a força motriz que alavanca o progresso de uma nação. Ao poder público cabe desenvolver as iniciativas de apoio para capacitar os empreendedores, conceder crédito facilitado e simplificar os procedimentos. Niterói vem ganhando destaque neste sentido, provendo campo fértil para que ideias e projetos possam …

    Menos burocracia, mais negócios Leia mais »

  • A memória sabe de mim mais que eu
    O 4 de novembro é um dia especial para a Secretaria de Fazenda de Niterói. Desde o ano passado, comemoramos nessa data o Dia do Servidor Fazendário, um reconhecimento concedido pela Câmara de Vereadores ao trabalho feito com afinco, seriedade e dedicação pelos funcionários desta Casa Legislativa. Se me permitem dizer, um reconhecimento mais do …

    A memória sabe de mim mais que eu Leia mais »

  • Fazenda digital para o cidadão
    “Como melhorar a prestação de serviço da Prefeitura?” era uma das principais agendas do governo do prefeito Axel Grael em 2021. Havíamos avançado muito na melhoria da gestão, dos sistemas e das estruturas. Isso era notório para quem estava dentro da máquina pública. Mas era preciso avançar para fora. Era preciso que essas melhorias chegassem ao cidadão e que ele sentisse cada vez mais um governo atuando para ele, que tornasse seus pedidos mais ágeis e simples de serem respondidos. E isso foi feito com o Governo Digital.
  • Cultura e desenvolvimento local: o “soft power” de niterói
    Texto escrito por Marília Ortiz, Secretária de Fazenda de Niterói, e Alexandre Santini, Secretário das Culturas de Niterói. A diplomacia internacional consagrou o termo Soft Power, ao se referir à capacidade das nações de influenciar os rumos da geopolítica através de seus ativos culturais e simbólicos. O mesmo raciocínio pode ser aplicado à gestão local, …

    Cultura e desenvolvimento local: o “soft power” de niterói Leia mais »